Gilberto Gil – Refazenda (1975)

R$100,00

Selo: Philips

Primeira prensagem original

Capa G+/Disco VG-

OBS: disco com as faixas 1A (Ela) e 1B (Ê, Povo, Ê) comprometidas! Tem uma mancha como se fosse resto de cola que não consegui retirar, causando alguns pulos! O restante toca muito bem!

Capa com desgastes como pode observar nas imagens

1 em estoque

Simulação de frete

Descrição

Depois do experimentalismo da época do Tropicalismo e da primeira metade da década de 1970, Gil surpreendeu o público e a crítica com a sonoridade mais simples de “Refazenda”, inspirada no baião e nos ritmos nordestinos.

O sucesso do disco, levou o compositor a estendê-lo na “Trilogia Re”, completada por Refavela (1977) e Realce (1979), tendo ainda no meio destes o disco ao vivo com Rita Lee, o Refestança (1977).

Disco cheio de sucessos da carreira de Gil, com uma mistura de ritmos que vão do baião, ao xote, ao choro e MPB. A influência da música nordestina também está presente na faixa “Tenho Sede” de Dominguinhos com Anastácia, sendo a única do álbum que não é de autoria do próprio Gil. Dominguinhos também aparece na faixa “Lamento Sertanejo”. Outro parceiro musical de Gil é Jorge Mautner, que divide autoria da canção “O Rouxinol”.

Destaque também para as canções “Pai e Mãe” e “Retiros Espirituais”.

Maravilhoso disco de Gil que vem sendo valorizado e redescoberto nos últimos anos, cada vez mais difícil de encontrar. Ao mesmo tempo simplista e abordando temáticas críticas ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️

Informação adicional

Peso 250 g
Dimensões 35 × 35 × 10 cm

Você também pode gostar de…

Conversa via WhatsApp
0
    0
    Seu carrinho
    Seu carrinho está vazioRetornar para loja